sintracon - sp
  • Sindicalistas definem paralisação geral para o dia 30 de junho
  • 19/06/2017 – Assessoria de Imprensa
  • Em reunião no dia 5 de junho, em São Paulo, as principais Centrais Sindicais definiram: a próxima paralisação geral será realizada no dia 30 deste mês. O intuito é confrontar as reformas trabalhista e previdenciária, que tramitam no Congresso Nacional, além de reivindicar pelas Diretas Já.
     
    Antes da mobilização, as entidades farão, no dia 20, o que chamaram de “Esquenta Greve Geral”, com ações para mobilizar o maior número de pessoas no dia de paralisação nacional.
     
    O presidente do Sintracon-SP (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil de São Paulo), Ramalho da Construção, promete mobilizar os operários da categoria que representa, com o objetivo de fortalecer o movimento sindical.
     
    “A classe trabalhadora se une em uma só voz para defender seus direitos. Estamos juntos nesta luta. Eu, como representante dos operários da construção civil, vou reunir os meus companheiros para ajudar nas mobilizações”, afirma Ramalho.
     
    Reunião
     
    A assembleia foi realizada na NCST (Nova Central Sindical de Trabalhadores) com os líderes da Força Sindical, União Geral dos Trabalhadores (UGT), Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB), Central Geral dos Trabalhadores do Brasil (CGTB), Central Sindical e Popular (Conlutas) e da Central Única dos Trabalhadores (CUT).
     
     
     
  • SINTRACON-SP
  • Sindicato dos trabalhadores nas
  • Industrias da Construção Civil de São Paulo
  • Rua Conde de Sarzedas,286
  • CEP:01512-000
  • Centro-São Paulo-SP
  • Fone: 11 3388-4800
  • Fax: 11 3207-4921
  • contato@sintraconsp.org.br