sintracon - sp
  • Sem técnico de segurança não há qualidade de vida no trabalho
  • 27/11/2017 - Ramalho da Construção
  • Tive o prazer de participar, na manhã de 27 de novembro, das comemorações do Dia Internacional dos Técnicos de Segurança no Trabalho. Foi nas instalações da Fundacentro que, aliás, completa 55 anos de grandes serviços prestados à sociedade, desenvolvendo estudos e pesquisas fundamentais à melhoria das condições de trabalho.
     
     
    São Paulo registra 400 mil profissionais na área de segurança: 115 mil técnicos, 140 mil engenheiros, sendo que o restante é formado por enfermeiros, médicos e especialistas em saúde.
     
    Com suas reformas, perversas ao trabalhador, o governo Temer vem afetando importantes instituições. Uma delas, aliás, é a Fundacentro, que está a caminho de um sucateamento nocivo a quem de fato constrói e produz riquezas para o Brasil.
     
    A cerimônia não pode deixar de mencionar a brilhante atuação de Arnaldo Prieto, ministro do Trabalho que muito fez para melhorar a vida das pessoas, sendo, inclusive, o idealizador do PAT – Programa de Alimentação do Trabalhador.
     
    Estiveram presentes à solenidade personalidades como Marcos Antonio Ribeiro, o Marquinhos (presidente do Sindicato dos Técnicos de Segurança- Sintesp); Armando Henrique (presidente da Federação Nacional dos Técnicos em Segurança), e Leonice da Paz (presidente em exercício da Fundacentro), entre outros.
     
    Na ocasião, os técnicos de segurança homenagearam veteranos do setor, como o senhor Luís Carlos Gabriel, de 78 anos.
     
    Ramalho da Construção
    Sindicalista e deputado estadual pelo PSDB-SP
      

     dia do tecnico 2

     

  • SINTRACON-SP
  • Sindicato dos trabalhadores nas
  • Industrias da Construção Civil de São Paulo
  • Rua Conde de Sarzedas,286
  • CEP:01512-000
  • Centro-São Paulo-SP
  • Fone: 11 3388-4800
  • Fax: 11 3207-4921
  • contato@sintraconsp.org.br