65% dos trabalhadores de obra votam a favor do vale-alimentação

PUBLICADO EM 31/07/2019

O Sintracon-SP realizou, na manhã desta quarta-feira (31), outra votação para a definição do modelo de refeição dos trabalhadores. Desta vez, o processo democrático aconteceu na obra da FLPP, localizada no Itaim Bibi, e contou com 265 votos a favor da substituição dos bandejões por vale-alimentação e 136 contra a mudança.

Para Ramalho da Construção, presidente do Sintracon-SP, as substituições acontecem, pois os trabalhadores prezam pela qualidade das refeições: “Ninguém gosta de comer comida sem qualidade, não é mesmo?”, questiona. “Por isso, a maioria dos companheiros prefere a implantação do vale-alimentação, porque, dessa forma, eles levam a comida boa de casa e ainda usam o vale para complementar nas compras do supermercado”, conclui.

A votação, diferentemente da anterior realizada na Matec, durou apenas um dia e contou com menos votos em branco e nulos. Foram utilizadas cinco urnas e 404 votos foram computados.

Sindicalização

Assim como acontece na maioria dos canteiros onde as equipes de Visitação em Obras do sindicato passam, diversos trabalhadores solicitaram a associação à entidade. No total, 130 operários se tornaram sócios do Sintracon-SP. Este número, para o presidente Ramalho, é muito importante para que a categoria continue conquistando mais direitos no setor.

“Quanto mais gente se associa, mais o nosso sindicato fica forte. E, com um sindicato forte, maiores são as chances de conseguirmos justiça na construção civil e voz no país todo”, finaliza Ramalho.

siga-nos