A luta das mulheres é de todos nós

 

Na cerimonia de posse no ultimo dia 20 de fevereiro, a atriz Patrícia  Aquette discursou  pedindo igualdade nos salários entre homens e mulheres .
Quando li essa noticia, pensei como é poderoso um preconceito. Mesmo ali, entre as estrelas do cinema que ganham milhões de dólares por filme, existe essa desigualdade.
Não precisamos nem imaginar a situação das mulheres comuns, porque são nossas esposas, mães, filhas, trabalho.
Elas ainda recebem salários menores, tem menos oportunidades de promoção, e ainda são vitimas de vários tipos de abusos no ambiente de trabalho.
Isso só vai acabar quando a luta por igualdade for de todos nós, homens e mulheres. Para isso, contem comigo e contem com o Sintracon-SP!
Feliz Dia Internacional das Mulheres!
Ramalho da Construção

siga-nos