Carnaval e futebol, alegrias do povo brasileiro

Carnaval e futebol fazem parte da cultura do povo brasileiro. Um povo, aliás, alegre por natureza, apesar de ser permanentemente aviltado pelo governo, com impostos excessivos e mudança de regras, sempre para pior, no curso de seus direitos.
As chaves da cidade de São Paulo, uma das três maiores metrópoles do mundo, já estão nas mãos do rei Momo. E a festa promete pegar fogo, no bom sentido, é claro.
Li com muita atenção a entrevista de Paulo Sérgio Ferreira, o Serginho, no Diário de S. Paulo.
Ele é amigo dos trabalhadores da Construção Civil de São Paulo, presidente da Liga das Escolas de Samba e um dos grandes responsáveis pela organização do carnaval paulistano. Trata-se de um batalhador incansável. Uma liderança expressiva e do bem.
Serginho sabe que a folia virou grande atração, com muitos turistas vindo à Sampa para se divertir. E tem pleno conhecimento, também, de sua altíssima responsabilidade no grandioso evento.
“Nada pode dar errado. A transparência precisa ser total, pois Carnaval é profissão de fé para muitos”, diz.
Com poucas horas de sono em razão do excesso de trabalho para deixar tudo pronto, Serginho falou com o DIÁRIO sobre suas expectativas para o Carnaval 2016.
“Vai ser gigante “, admitiu, de bate-pronto, o sambista.
Quase sem voz, diz que o esforço compensa: “Vale tudo. O importante é que tudo saia realmente perfeito. O objetivo é esse”. Que chegue logo o Carnaval!
Adepto que sou da cultura do povo, especialmente por trazer satisfação e descontração a grande parcela da sociedade, faço questão de parabenizar a todos os envolvidos na folia do Carnaval Paulistano. E advertir: aproveitem a festança, mas com responsabilidade!

Ramalho da Construção
Sindicalista e deputado estadual pelo PSDB-SP

siga-nos