ConstruSer reúne mais de 37 mil em todo o Estado

Em sua oitava edição, o ConstruSer (Encontro Estadual da Construção Civil em Família) reuniu mais de 37 mil pessoas em 28 de março, em todo o Estado de São Paulo, entre trabalhadores da construção civil, familiares e voluntários. Sob o tema “Água, cuida que tem!”, foram desenvolvidas atividades relacionadas ao consumo consciente do insumo. Maior evento de responsabilidade social da construção paulista, o ConstruSer é uma realização do sindicato, por meio de sua vice-presidência de Relações Capital-Trabalho e Responsabilidade Social, conjuntamente com Fiesp, Sesi-SP, Senai-SP e em parceria com o Seconci-SP.
Em Osasco, mais de 7 mil pessoas da capital paulista e desse município participaram do evento no Sesi local, em um dia ensolarado e repleto de música, jogos, arte e informação para as famílias dos trabalhadores. Na abertura, o presidente do SindusCon-SP, José Romeu Ferraz Neto, agradeceu a todos os apoiadores e participantes da iniciativa, em um ano particularmente difícil para o setor.
“Esse ano contamos com a participação de mais de 37 mil pessoas em todo o Estado. É muito gratificante ver essa integração que esse tipo de iniciativa proporciona”, disse, ao destacar as ações voltadas para a preservação desse insumo, como a distribuição de redutores de pressão, além de dicas de consumo consciente e geração de energia limpa -com a instalação de bicicletas ergométricas voltadas à produção de energia para o equipamento de som que animava a piscina.
O vice-presidente Haruo Ishikawa destacou a parceria com as entidades dos trabalhadores e outros parceiros que viabilizaram o evento, lembrando que o mesmo se consolidou em suas edições anteriores graças ao empenho da vice-presidente Maristela Honda. O vice-presidente Roberto Falcão Bauer falou da importância de o encontro ser com a família do trabalhador, o que contribui para sua valorização e o sentimento de cidadania. E o presidente do Seconci-SP, Sergio Porto, enfatizou que, neste momento de crise, trabalhadores e empresários dão o exemplo no ConstruSer de como se podem fazer parcerias entre o capital e o trabalho para o país avançar.

ConstruSer3ConstruSer 1

siga-nos