fbpx

Mais de 24 milhões de moradias podem receber dinheiro para reformas residenciais nos próximos anos

PUBLICADO EM 19/01/2022

Nesta quarta-feira (19), o presidente do Sintracon-SP, Ramalho da Construção, participou da reunião do Conselho Curador do Fundo de Desenvolvimento Social, que deliberou verbas para adequação de moradias para a população de baixa renda. Os valores variam entre 500 e 22 mil reais e o programa pode beneficiar mais de 20 milhões de pessoas.

“Esta ação do Fundo é muito importante, afinal temos, de acordo com a Fundação João Pinheiro (FJP), ano base 2020, cerca de 24,9 milhões de moradias inadequadas em todo o país. E, sem dúvidas, é digno que todos tenham uma melhoria habitacional para enfrentar problemas como deterioração, falta de banheiro, cobertura ou piso, instalações elétricas ou hidráulicas inadequadas e muito mais”, comenta Ramalho da Construção.

A execução dos serviços e obras será feita por meio de uma linha de financiamento para empresas, que ficam sujeitas à aprovação do próprio Conselho. Segundo Ramalho, no fim de 2021, 14 empresas se inscreveram no programa, mas, após análise, apenas sete foram aprovadas.

Entenda melhor

O Fundo de Desenvolvimento Social tem por finalidade financiar projetos de investimento de relevante interesse social nas áreas de habitação popular, sendo permitido o financiamento nas áreas de saneamento e infraestrutura, desde que vinculadas aos programas de habitação, bem como equipamentos comunitários.

Os financiamentos habitacionais destinam-se a população de baixa renda e, deste modo, o fundo contribui para a melhoria das condições de vida de um segmento da população que possui limitada capacidade de pagamento, concedendo financiamentos com subsídios.

Para saber mais informações, entre em contato com o Fundo (https://bit.ly/3tHlJ5q) ou fale com o presidente Ramalho da Construção: 11 98258-0249.

Compartilhe:

siga-nos