Morre o economista e ex-ministro do Trabalho Walter Barelli

PUBLICADO EM 19/07/2019

Lamentamos registrar a morte do economista Walter Barelli, ocorrida no último 18 de julho no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. Ele estava internado desde o início de abril no Hospital Sírio-Libanês em São Paulo, depois de sofrer uma queda e bater a cabeça. Deixa três filhos, Suzana, Pedro e Paulo.

Grande amigo da categoria dos trabalhadores da construção civil de São Paulo, Barelli teve sua trajetória marcada pelo sindicalismo, defendendo bandeiras como o aumento salarial da classe trabalhadora e a ampliação do nível de emprego.

Sua destacada atuação o levou a ser ministro do Trabalho na gestão do presidente Itamar Franco, tendo sido eleito, logo após, deputado federal pelo PSDB.

Com diálogo franco e aberto, Barelli era uma pessoa do bem, desenvolvendo grande trabalho em prol do trabalhador. E não só isso, Barelli participava também de muitos projetos sociais, como por exemplo o Seminário do Ibaté, evento que recebeu apoio, durante anos, do presidente do Sintracon-SP, Ramalho da Construção.

Seu falecimento, pouco antes de completar 81 anos, deixa uma sentida lacuna na luta para melhor equilibrar a balança entre o capital e o trabalho.

Ramalho da Construção

Presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil de São Paulo

 

siga-nos