Não vou pagar o pato!

Gostaria de parabenizar o presidente da Fiesp, Paulo Skaff, pelo lançamento da campanha “Não vou pagar o pato”, que tem, como alvo principal, a tentativa do governo de ressuscitar a CPMF (o imposto do cheque), extinta em 2007.
Em conjunto com mais de 150 expressivas associações, a entidade liderada por Skaff lançou uma sólida frente contra o aumento de impostos. Foi no último dia 21 de setembro, na calçada do prédio da federação.
Conforme a Fiesp, a campanha vai organizar um manifesto para colher assinaturas com o objetivo de pressionar o governo a não promover mais uma alta da carga tributária.
A minha única pergunta diante de tão louvável iniciativa é: onde eu assino?

Ramalho da Construção
Sindicalista e deputado estadual pelo PSDB-SP

siga-nos