O mapa da fome!

Metade dos brasileiros que estava empregada em 2016 teve renda inferior a um salário mínimo. Em lugares do Nordeste, o salário chegou a ser de R$ 485,00 por um mês inteiro de trabalho. Uma vergonha das mais acachapantes, não é mesmo?
 
Daí se tira a fácil conclusão de que a divisão de renda no Brasil está entre as piores do mundo, se não for a pior.
 
Os dados têm fonte idônea e oficial: a Pnad Contínua, recentemente divulgada pelo IBGE.
A média entre todas as regiões do País é de R$ 747,00. E eu pergunto: quem ganha isso como vive?
Mas o que é ruim, sempre pode ficar ainda pior. O atual governo federal, cujo lema “democrático” deixa transparecer que o poder emana das elites e é utilizado para e pelas elites, faz reformas e mais reformas, todas em benefício do capital.  
Torno a repetir. Os números são oficiais. Demonstram uma falta de vergonha institucionalizada. O mapa da fome!
Ramalho da Construção

 

Sindicalista e deputado estadual pelo PSDB-SP

siga-nos