Operário da construção civil morre em acidente de trabalho

Na segunda-feira, 3, Antônio Francisco da Rocha, de 55 anos, instalava um guarda-corpo, na obra da Odebrecht, localizada na Rua João Peixoto dos Santos, s/n -Santo Amaro. Enquanto exercia sua função ao lado de outro colega, (que ainda não foi identificado) o andaime que servia de apoio tombou e os dois trabalhadores caíram de uma altura equivalente a dois andares.
 
Antônio não resistiu aos ferimentos e veio a óbito quatro horas depois. O outro colega, no entanto, sofreu leves escoriações e passa pelo processo de recuperação.
 
O presidente do Sintracon-SP, Ramalho da Construção, lamenta a morte do operário e alerta os trabalhadores para que tomem cuidado no ambiente de trabalho.
 

 

 “Infelizmente, perdemos mais um companheiro da construção civil. Oremos para que Deus conforte sua família e ele seja bem recebido no plano espiritual. Trabalhei em mais de 700 canteiros de obras, sei o quão é difícil exercer as tarefas da construção. Todo cuidado é pouco. Peço para que todos tenham cuidado durante o trabalho para não recebermos mais este tipo de notícia triste”, destaca Ramalho.

siga-nos