Péssimas condições de alojamento de obra da construtora Plano Engenharia

No dia 11 (segunda feira), assessores de base do Sintracon-SP dirigiram-se à uma obra da construtora Plano Engenharia localizada na Avenida Jacú Pêssego n° 750 e encontraram diversas irregularidades no local tais como: Falta de chuveiros na área de vivência, ausência de um refeitório além do não fornecimento do lanche da tarde aos trabalhadores conforme convenção coletiva assinada recentemente.
Os colaboradores do sindicato também foram até o alojamento dos trabalhadores na Rua Santo Antônio de Itaberava e encontraram o local em uma situação deplorável. Colchões em mau estado, péssimas condições de higiene e de iluminação, por conta disso foi feita uma greve devido ao descaso e maus tratos sofridos pelos companheiros.
Ela durou apenas um dia, pois alguns trabalhadores decidiram rescindir seus contratos de trabalho para voltar aos seus respectivos locais de origem (cidades ou até mesmo estados) alegando não estarem mais aguentando passar por este tipo de situação.
Um boletim de ocorrência foi lavrado junto à polícia denunciando as condições dos trabalhadores, as irregularidades encontradas terão prazo imediato para serem regularizadas, caso contrário uma nova paralisação deverá ocorrer.
Foi acertado junto à empreiteira Prisma (responsável pela obra) que ela acertaria os valores pendentes a esse trabalhadores e a rescisão dos que optaram por deixar a obra e viajar de volta a sua terra, também ficou por conta dela o reembolso da passagem de vinda para São Paulo e o pagamento da passagem de retorno.
A construtora Plano Engenharia comprometeu-se a não descontar nada de nenhum trabalhador referente à greve que foi feita, pois a obra foi paralisada devido às irregularidades encontradas pelos assessores de base.
alojamento 1

siga-nos