fbpx

Proposta neoliberal de Paulo Guedes naufraga no Chile

O pau está quebrando lá no Chile. Para variar, a briga se resume entre o povo sofrido e a elite endinheirada. Uma das razões (o sistema de Previdência) tem muito a ver com o nosso Brasil. Afinal, tudo o que está acontecendo advém da economia liberal do país vizinho, proposta por ninguém mais do que Paulo Guedes, o posto Ipiranga de Bolsonaro.

 

Os distúrbios são violentos, não só na capital, Santiago, como em Valparaíso, Antofagasta e Vinã de Mar. Os manifestantes veem que seus pais e avós recebem aposentadorias de miséria, 80% delas abaixo do salário mínimo e 44% da linha de pobreza. Percebem que, dessa forma, não há capacidade de sobreviver dignamente.

 

Os chilenos reclamam, ainda, de falta de diálogo com o governo, truculências das forças de segurança, além de questionarem o modelo neoliberal e problemas como alto custo de vida, saúde e educação.

 

Pois bem. Se o Brasil vai virar uma nova Venezuela, não sabemos. Mas um Chile, é bem capaz.

 

Ramalho da Construção

Presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil de São Paulo

siga-nos