Queda da taxa de juros impulsiona crescimento da construção civil

PUBLICADO EM 28/11/2019

A redução da taxa de juros no Brasil tem sido fundamental na retomada do setor da construção civil. Cada ponto percentual a menos na taxa pode atrair até dois milhões de famílias para o financiamento imobiliário.

A reação do setor, que começou em São Paulo, está se disseminando aos poucos. Belém, Salvador e Goiânia tiveram aumento nas vendas e nos lançamentos. No Rio, em Belo Horizonte e em Curitiba as vendas ainda estão devagar, mas o número de lançamentos subiu.

Segundo o presidente do Sintracon-SP, Ramalho da Construção, quanto mais apartamentos são vendidos, maior é o número de prédios que sobem na cidade. E, quanto mais construções surgem, mais empregos aparecem também para os operários da categoria. Os números sobem, mas ainda precisam crescer muito mais.

“Agora, estamos enfrentando o primeiro estágio, o de recuperação do país e principalmente do nosso setor, a construção civil. Os números estão subindo, isso está claro. Contudo, este ainda é só o começo e precisa evoluir ainda mais para diminuir o número de desempregados da categoria. Nosso sindicato vai continuar lutando para reduzir este número através dos nossos programas de assistência aos nossos sócios”, explica Ramalho.

A perspectiva para 2020, de acordo com especialistas, é de crescimento no setor da construção não só em São Paulo, mas também em todo território brasileiro.

 

siga-nos