Receita do Programa Seguro-Emprego aumenta 88%

O Programa Seguro-Emprego (PSE) receberá 88% a mais em 2017 do Governo Federal, em comparação com a receita recebida desde 2015. O valor de R$ 327,28 milhões pode preservar até 123 mil vagas em todo o País.
O presidente do Sintracon-SP (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil de São Paulo), Antonio de Sousa Ramalho, o Ramalho da Construção, avalia o aumento como necessário para a consolidação dos empregos, inclusive na categoria que defende: a construção civil.
“O aumento de 88% na receita do Programa Seguro-Emprego é importante para todos os cidadãos que não contam com a estabilidade profissional. Isso ocorre, em muitos casos, na construção civil. Espero que esse dinheiro dê assistência ao nosso setor e proteja os operários”, salienta Ramalho.
 
30% do salário
O Programa Seguro-Emprego negocia, com as empresas que têm dificuldades de pagar o contratado, a diminuição da jornada de trabalho e até 30% do salário do funcionário. Para não prejudicar o empregado, o Governo Federal arca com metade da redução do salário, através da receita destinada a este benefício.

siga-nos