Reforma da Previdência ficará reduzida à idade mínima

Sua Excelência, o presidente Michel Temer, veio à boca de cena para dizer que mudanças no sistema previdenciário terão de ser adiadas, pois a sociedade e a mídia não as querem.
 
Isso significa que por ele, Temer, o brasileiro teria mesmo de trabalhar 49 anos para se aposentar, certo? Mas a vontade do povo não deixa…
 
Ora, se fosse pela vontade do povo, nenhuma reforma teria sido aprovada e Michel não estaria governando, pois, segundo pesquisas, tem apenas 3% de aprovação, sendo um dos presidentes com maior índice de rejeição no mundo.
 
Temer não consegue mudar a Previdência porque não tem base suficiente. O governo sabe que não tem os 308 votos necessários para aprovar a reforma. E mais: não há chance de votação acontecer. Temos feriado em novembro e dezembro acaba praticamente no dia 15.
 
O governo luta, agora, para aprovar o aumento de idade para se aposentar: homens, 65 anos e mulheres (62 anos).
 
Má notícia para as elites e o empresariado que, de fato, comandam os destinos da Nação por força de um neoliberalismo selvagem. E ponto para o Brasil e os brasileiros.
 
Ramalho da Construção

 

Sindicalista e deputado estadual pelo PSDB-SP

siga-nos