Saiba como participar do programa habitacional do Governo

O Governo do Estado de São Paulo, em parceria com a Secretaria de Habitação da Prefeitura de São Paulo, e por intermédio de investimentos público-privados, contratou a construção de 2.260 unidades habitacionais, exclusivamente para cidadãos que precisam viver no centro da cidade.
 
A distribuição das unidades será direcionada, como prioridade, para as pessoas que trabalham na região central e moram nas áreas marginalizadas: 80% das habitações serão destinadas a esse perfil. Contudo, o restante será encaminhado para os pretendentes que moram e trabalham no centro.
 
Para participar do programa, o cidadão, além de trabalhar na região central, não pode ser proprietário ou possuir financiamento de qualquer outro imóvel e, também, não pode ter sido contemplado com outros programas habitacionais promovidos pelo poder público ou privado;
 
Opinião
 
O presidente do Sintracon-SP (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil de São Paulo) elogia a iniciativa do Governo do Estado e da Prefeitura. Para ele, a medida vai proporcionar novas oportunidades de emprego aos operários da construção civil e também vai dar assistência às famílias marginalizadas.
 
“Além de ajudar as pessoas de baixa renda a morar perto do local de trabalho, essa medida contribuirá com a redução do índice de desemprego no estado. Existem muitos operários desempregados, o nosso objetivo, entre tantos, é diminuir esse número. Portanto, essa iniciativa é uma vitória para todos nós”, declara o presidente.
 
Serviço
 
O prazo final do cadastramento foi prorrogado para o dia 24 de julho de 2017, até às 18 horas, e o sorteio das vagas será feito 90 dias depois do fechamento das inscrições, conforme publicado no site da Secretaria de Habitação do Governo do Estado de São Paulo. Para realizar o cadastro e obter mais informações, acesse: https://goo.gl/1bo3LQ.

 

 

siga-nos