Sindicato e setores da Construção Civil unidos no combate à dengue

“A intenção é envolver todas as centrais sindicais e o maior número de entidades possível no combate ao mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue e várias outras moléstias, como chikungunya e o zika vírus”.
A afirmação é do sindicalista e deputado estadual Antonio de Sousa Ramalho, o Ramalho da Construção. Foi dada durante reunião realizada no último dia 26 de janeiro, convocada pelo parlamentar na sede da Força Sindical.
O evento contou com a presença do Coronel José Roberto (secretário Chefe da Casa Militar e Coordenador Estadual de Defesa Civil), representantes da Força Sindical, e de duas entidades diretamente ligadas à Construção Civil: Seconci-SP e SindusCon-SP, que também abraçaram a causa.

forca
“Os canteiros de obras do setor da Construção preocupam, pois, em seu ambiente, há vários locais onde o mosquito pode proliferar. Estamos unidos para que isso não aconteça”, afirmou Ramalho.
“Somos todos agentes importantes na disseminação de informações no combate à dengue. Essa luta contra o mosquito é de todos nós”, concluiu.
Vale ressaltar que, no próximo dia 18 de março, o Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil de São Paulo (Sintracon-SP) fará um seminário especial sobre o tema em sua sede (Rua Conde de Sarzedas, número 286, região central da cidade).

 

 

siga-nos