Sindicato Nacional dos Aposentados completa 16 anos

Sou associado ao Sindicato Nacional dos Aposentados, Pensionistas e Idosos da Força Sindical, o Sindnapi.
Aliás, sou um dos 400 mil associados do Sindnapi, que, ao comemorar seus 16 anos de lutas, demonstra ser uma entidade confiável e, acima de tudo, combativa.
A trajetória começou no dia 15 de junho de 2000, quando houve sua fundação num congresso realizado em Praia Grande.
De lá para cá, o Sindnapi coleciona conquistas, contemplando os 32 milhões de brasileiros que recebem benefícios previdenciários.
Entre tantos avanços, o sindicato, liderado pelo excelente companheiro Carlos Ortiz, está o aumento real continuado do salário mínimo, obtido com apoio das centrais trabalhistas.
Vale ressaltar que aposentado não recebia 13º salário. Agora, graças ao Sindnapi, os aposentados podem contar com esse benefício, pago em duas etapas, agosto dezembro.
“Conseguimos antecipar as datas de recebimento dos proventos. Antes, dependia do número da inscrição na Previdência e tinha gente que só recebia no dia 15. Agora, é no quinto dia útil. Quem ganha apenas salário mínimo recebe cinco dias antes”, observa Ortiz.
Hoje, são diárias as informações de que o governo pretende mexer no sistema da aposentadoria. Pois a cada passo nesse sentido, podemos ver e sentir a forte presença do Sindicato Nacional dos Aposentados, tanto em Brasília quanto em todos os estados da União.
Pela luta e poder de mobilização que o Sindnapi apresenta, temos a obrigação não só de parabenizá-lo pela data, que não por acaso coincide com o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, mas também de nos unirmos no sentido de buscar seu fortalecimento, sempre.Ramalho da Construção
Sindicalista e deputado estadual pelo PSDB-SP

siga-nos