Sintracon-SP promove megaevento em homenagem ao Dia Internacional da Mulher

O auditório da sede do Sintracon-SP ficou pequeno para tanta festa e alegria. Com mais de 300 pessoas presentes, o evento em homenagem ao mês das mulheres na manhã do dia 11 de março, foi marcado por muita animação e palavras de determinação e incentivo a nossas companheiras tão batalhadoras que com muita energia celebraram e aproveitaram toda a estrutura que a Assessoria do Sindicato montou para recebê-las.
A cerimônia contou com a presença ilustre do atual presidente nacional da Força Sindical e liderança do partido Solidariedade Paulinho da Força. O sindicalista homenageou as companheiras presentes e não perdeu a oportunidade de criticar o atual governo.
“Toda a culpa pela atual situação de nosso país é de nossos governantes que afundaram e continuam afundando nossa economia, prejudicando e muito a classe trabalhadora que está pagando a conta por algo que ele não teve culpa”, afirmou Paulinho.
Logo em seguida integrantes da Diretoria do Sintracon-SP Wilson Florentino, Josileide Neri de Oliveira, Darci P. Gonçalves a Presidente de honra do PSBD Adriana Ramalho, o dirigente do Sindicato das Costureiras Jonas Arcanjo, a Secretária do Deputado Ramalho da Construção Francisca Gomes e uma personagem ilustre do Sindicato, a dona Lurdes com mais de 40 anos de casa se sentaram a mesa de cerimônia.
O presidente do Sintracon-SP Ramalho da Construção tomou a palavra e apresentou um histórico da dia 8 de março explicando o por que desta data ser considerada o Dia Internacional da Mulher.
“No dia 8 de março de 1857, trabalhadoras de uma indústria têxtil de Nova Iorque fizeram uma greve por melhores condições de trabalho e igualdades de direitos trabalhistas para as mulheres, naquela época trabalhava-se 16 horas por dia. No dia 25 de março de 1911, cerca de 145 trabalhadores (maioria mulheres) morreram queimados num incêndio numa fábrica de tecidos em Nova Iorque. Porém, somente no ano de 1910, durante uma conferência na Dinamarca, ficou decidido que o 8 de março passaria a ser o Dia Internacional da Mulher”, explicou Ramalho.
Além da explicação, o sindicalista ressaltou a importância da mulher não só no muno corporativo como também na vida de todos os homens, segundo ele, aqueles que conseguem se destacar e ser bem sucedidos tem nos bastidores de sua vida uma grande mulher.
Ramalho também convocou todos os presentes a participarem e lutarem pelos seus direitos para que unidos possamos vencer esta crise tão terrível.

Após a palavra do Presidente Ramalho, foi exibido um vídeo de homenagem a todas as mulheres que trabalham no Sintracon-SP emocionando todo o público.
Adriana Ramalho, em um discurso firme de incentivo e valorização da mulher, expos o cenário atual do público feminino perante a sociedade e as dificuldades que elas passam em um mundo voltado ao discurso machista.
“As mulheres têm um déficit salarial de até 30% no valor do salário em relação aos homens, pior que isso, a cada 20 minutos uma mulher é agredida aqui no Brasil. Temos que nos unir, pois nós podemos tudo quando somos valorizadas e estamos unidas, por isso temos de estar juntas para que façamos de nosso mundo um lugar mais igual para homens e mulheres”, disse a Presidente de honra inflamando o público presente.
Em seguida Lelah Monteiro Sexóloga; Psicanalista; Fisioterapeuta; Educadora sexual; Terapeuta de casais, de família e sexual; Especialista em violência, abuso e exploração sexual; Hipnóloga Clinica, atuante nas áreas de disfunções sexuais e fobias e Sexóloga da Rádio Globo com o quadro “Sexo, Imaginação e Fantasia”, palestrou em alguns minutos sobre a importância de se proteger e orientar o parceiro para evitar problemas.
“Cada vez mais cedo as jovens tem se tornado mães e mulheres tem adquirido doenças por não orientar seu companheiro a usar uma prevenção. Isto é muito necessário, com saúde não se brinca se não houver prevenção nós mulheres estaremos correndo grandes riscos”, finalizou a sexóloga.
Ainda foram distribuídos 30 brindes entre cestas de café da manhã, aparelhos elétricos, cesta de cosméticos Mary Kay além de perfumes e kits da Boticário.

 

 

siga-nos