Sintracon-SP resolve irregularidades em obra e sindicaliza 45 operários nesta terça-feira

PUBLICADO EM 16/07/2019

Os diretores e assessores de base do Sintracon-SP compareceram, na manhã desta terça-feira (16), no canteiro da construtora Linercon, localizado em São Mateus, para conferir a resolução de irregularidades e promover a campanha de sindicalização da entidade. E, durante a visita, foi verificado que, graças a atuação sindical junto com os operários da obra, os problemas foram solucionados.  

Entenda o caso

No fim da semana passada, algumas denúncias de funcionários deste canteiro foram registradas na sede do sindicato e as equipes de visitações se mobilizaram para realizar a verificação das irregularidades. Além da falta de pagamentos, os operários não tinham um espaço de convivência bem estruturado.

Após as negociações com os representantes da obra, o Sintracon-SP determinou que todos os problemas trabalhistas fossem solucionados até esta semana. Na manhã desta terça-feira, foi verificado pelo sindicato que todos os problemas foram resolvidos dentro do prazo.

Sindicalização

De acordo com o presidente do Sintracon-SP, Ramalho da Construção, após perceberem a necessidade do suporte do sindicato para a resolução de seus problemas, os operários da obra decidiram fazer uma sindicalização em massa.

“55 companheiros pediram para se associar ao nosso sindicato quando perceberam que precisariam do nosso trabalho. É importante que todos se associem para fortalecer, cada dia mais, a nossa categoria e as nossas lutas. Precisamos ser conscientes, assim como estes companheiros”, comenta Ramalho.

Resultado diário

Além do efetivo serviço da equipe do diretor Ramalho Junior, composta pelos assessores Luiz Carlos e Thais, que resolveu estas irregularidades, outras duas equipes contribuíram para o aumento do quadro de sócios da entidade.

A diretora Josileide Neri, acompanhada dos assessores de base Geraldo e Vanessa, compareceu nesta terça-feira na obra da construtora Plano&Plano, localizada em Itaquera, e associou 25 novos companheiros.

Já na obra da construtora Athié Wohnrath, a equipe liderada pelos diretores José Luiz e Francisco Lima, que estava formada pelos assessores Edvan, Doralice, Henrique, Sandra e Igor, conscientizaram 20 trabalhadores e os associou.

siga-nos