SOLUÇÃO – Com mediação do Sintracon-SP, pintor recebe pagamento atrasado

 
19/12/2016 – Assessoria de Comunicação
 
Com mais uma ação rápida do departamento de Base – Fiscalização de Obras, do Sintracon-SP – Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil de São Paulo, a pendência com o pintor Francisco Fagner Cardoso Pereira foi solucionada.
 
Além do atraso no pagamento, a situação do pintor estava ainda mais irregular, pois o empregador usava a modalidade de “tarefeiro”, que trabalha por produção. Ele questionou com o patrão a demora em receber e a resposta foi ríspida.
 
“Ele me mandou procurar os meus direitos. Apesar de não ser associado ainda, fui muito bem recebido e orientado. Só tenho a agradecer. O atendimento foi 10 e nunca vi cinco mulheres tão valentes”, descontraiu Francisco destacando o empenho das fiscais, todas mulheres, que atenderam o seu problema.
 
A gerente da Base, Ana Paula Tavares, explica que no caso do pintor, o prazo para audiência poderia acontecer depois de agosto. “Os processos que estamos encaminhando para o Ministério do Trabalho estão com agendamento para somente no segundo semestre. Conversamos com o empregador, a solução acontece no dia 20 de dezembro com a rescisão completa”, explicou Ana Paula.
 
Mais tranquilo com a luz no fim do túnel deste seu problema, Francisco destacou a importância do Sindicato e já está se programando para ser futuro associado do Sintracon-SP. “Tinha uma outra imagem de sindicato. E é preciso mudar a visão das pessoas, pois ele ajuda sim o trabalhador”, finalizou.
 
O presidente do Sintracon-SP, Antonio de Sousa Ramalho, o Ramalho da Construção, salienta como é importante as ações do sindicato na vida do trabalhador. “Nossas equipes de base estão sempre de prontidão para auxiliar o operário e acima de lutar pelos seus direitos”, finalizou.
 
LEGENDA:
 
A gerente Ana Paula com o pintor Francisco Fagner: “o sindicato realmente resolve”

siga-nos