Trabalhadores aprovam pauta da campanha salarial

O Sintracon-SP (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil de São Paulo) realizou, nesta sexta-feira, 24, assembleia para definir a pauta de reivindicação da campanha salarial deste ano. Mais de 300 trabalhadores compareceram na sede do sindicato e votaram a favor da pauta.

Para o presidente do Sintracon-SP, Antonio de Sousa Ramalho, o Ramalho da Construção, o trabalhador deve unir-se ao sindicato, sempre em busca de seus direitos e suas reivindicações.

“Temos que garantir os direitos conquistados e avançarmos com outras reivindicações em benefício do trabalhador. Infelizmente, o governo quer mexer nos nossos direitos através de algumas propostas. A mais discutida, neste momento, é a Proposta de Emenda Constitucional 287, a PEC da Reforma da Previdência. Através da pauta apresentada hoje e com base nas ações, como paralisações, greves e passeatas, não iremos deixar essas medidas serem aprovadas”, salienta Ramalho.

O que é a pauta?

São direitos e reivindicações que o Sintracon-SP apresentados ao sindicato patronal, o SindusCon-SP (Sindicato da Construção Civil de São Paulo), para melhorar a qualidade de trabalho dos operários. Neste documento, é definido, também, o valor do dissídio anual.

Ramalho iniciou a assembleia da campanha e mais de 300 trabalhadores participaram
Após a votação, o presidente do Sintracon-SP agradeceu a presença de todos os operários

siga-nos