Trabalhadores celebram o 1º de maio, em Santana

A 20º Festa do Trabalhador, realizada pela Força Sindical e com o apoio do Sintracon-SP (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil de São Paulo) reuniu mais de 1 milhão de trabalhadores, de acordo com a organização, nesta segunda-feira, 1º de maio, na Praça do Campo de Bagatelle, em Santana.
 
O evento contou com diversas atrações da música brasileira e com sorteios de 19 carros zero km, do modelo Hyundai HB20. Os participantes puderam, também, acompanhar os discursos dos líderes sindicais, a fim de saber qual será o posicionamento das entidades, afrontando as reformas Trabalhista, Previdenciária e a manutenção da lei da Terceirização.  
 
O presidente do Sintracon-SP, Ramalho da Construção, pediu para o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB-SP), repensar a maneira de como se dirigir aos grevistas. Além do comentário, enfatizou a atuação das entidades sindicais para consolidar os movimentos contra as reformas propostas pelo Governo Federal.
 
“Estamos trabalhando incansavelmente para reverter o cenário negativo do País. Acreditamos que o diálogo com o Senado Federal poderá resgatar os direitos que estão sendo extintos pelos parlamentares, com a aprovação, na Câmara dos Deputados, da reforma Trabalhista”, comentou Ramalho.
 
O presidente da Força Sindical e deputado federal (Solidariedade), Paulinho da Força, promete representar os trabalhadores em Brasília, intermediando o diálogo da classe trabalhadora com os deputados e senadores que votarão pelas reformas.
 
 “A Força Sindical continuará com as mobilizações, manifestações e negociações. Queremos o diálogo com o Governo Federal para poder garantir os direitos dos trabalhadores. Trabalharei para consolidar isso”, afirmou Paulinho.
 
Serviço
 
Durante o evento, os trabalhadores puderam tirar dúvidas sobre a Previdência Social. Os solicitantes organizaram filas e esclareceram, de imediato, as questões mais complexas.
 
Posto_de_duvidas

 

Bombeiros e policiais militares garantiram a segurança da população. Nenhuma ocorrência de roubo e furto foi divulgada. 

siga-nos