Veja como se dar bem ao agendar a aposentadoria

Os segurados com condições de solicitar a aposentadoria do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) neste ano devem planejar bem o agendamento do pedido.
O Agora traz hoje as principais recomendações de especialistas sobre o que fazer para garantir um bom atendimento, uma espera menor e não ter prejuízos futuros.
A primeira dica é escolher uma agência previdenciária perto da casa do segurado, pois o trabalhador estará ligado a essa agência ao se aposentar. Para saber qual a unidade mais próxima, basta ligar na Central 135.
O advogado Roberto de Carvalho Santos lembra que é preciso haver um mínimo de planejamento antes de fazer o pedido. O segurado deve saber se vai pedir o benefício por idade ou por tempo de contribuição, por exemplo.
Hoje é possível se aposentar com 35 anos de contribuição, no caso dos homens, ou 30 anos de pagamentos ao INSS, para as mulheres, sem que haja idade mínima. Quem soma, na idade e no tempo de contribuição, 85 ou 95 pontos, no caso das mulheres e dos homens, respectivamente, consegue o benefício integral, sem descontos.
Na aposentadoria por idade, o benefício pode ser pedido aos 60 anos de idade, para as mulheres, e 65 anos, para os homens, com 15 anos de contribuição ao INSS.
Rômulo Saraiva diz que somar todos os tempos de contribuição que o segurado tem é outro passo importante a ser feito em casa. Quanto mais pagamentos ao INSS forem comprovados, maior é a chance de conseguir um benefício mais vantajoso.

Fonte: Jornal Agora

siga-nos