Você utiliza contrapiso autonivelante? Ele pode agilizar sua produtividade!

PUBLICADO EM 27/11/2019

Os contrapisos autonivelantes, ou seja, as argamassas auto adensáveis, facilitam a execução de contrapisos sem a necessidade de vibração ou compactação manual, tornando o processo mais ágil. A grande vantagem é que você já coloca a quantidade de produto para a altura que você precisa de uma única vez e não precisa fazer camada por camada como com a argamassa convencional.

Como se aplica?

Em primeiro lugar, a mão de obra precisa garantir que a base ou superfície que receberá a argamassa esteja íntegra e livre de resíduos. Em geral, os fabricantes orientam que se use um prime selador para vedar os poros da base e potencializar a aderência do produto.

Assim como no processo convencional, a espessura da camada que será aplicada é estabelecida em função do desnível existente e é definida através do laser. Então, mistura-se o produto com água de acordo com a quantidade estabelecida por cada fabricante.

O fluido escorre naturalmente e atinge a marca do laser, com perfeito nivelamento e planicidade. Resta apenas usar um rolo quebra-bolhas para a retirada do ar que ainda restar. Em até 24 horas o contrapiso está liberado e pronto para receber o acabamento fino.

Diferença para o convencional

Enquanto no sistema convencional o contrapiso normalmente é feito com argamassa seca do tipo farofa, que precisa ser espalhada, compactada com auxílio de soquete, e sarrafeada com réguas; no sistema autonivelante, como a argamassa é muito mais fluida, ela preenche todo o desnível, se ajustando naturalmente à área.

Desta forma, diminui-se a necessidade de esforços físicos ou grande capacitação técnica da mão de obra. No contrapiso comum você tem que pôr uma camadinha e ir fazendo aos poucos. Nesta, você pode colocar uma quantidade grande e ir nivelando.

Benefícios

A principal vantagem na utilização desta argamassa é a agilidade que ela agrega à execução do contrapiso, além do aumento de produtividade. No traço aderido, a produtividade gira em torno de 100m2/dia, já com o contrapiso autonivelante, é possível fazer a mesma área por hora. Também há grande ganho de tempo no transporte vertical do material, dispensando o uso dos elevadores, já que o produto pode ser bombeado.

Outra vantagem é o tempo de secagem. Enquanto o sistema convencional impede o trânsito de pessoas e equipamentos por cerca de três dias, o contrapiso feito com argamassa autonivelante libera a área em 24 horas. Além disso, uma característica que tem chamado muito a atenção de engenheiros e arquitetos mais conscientes é o fator ecológico. É um produto que apresenta baixíssima emissão de substâncias orgânicas em seu processo de fabricação.

Mas, cuidado!

A manipulação da argamassa deve ser rápida. Se não for usada dentro de 20 a 30 minutos, pode haver perda do material. Em segundo lugar, não há a possibilidade de executar desníveis e declives em ambientes de áreas molhadas, por exemplo, tornando o método inviável para cozinhas, áreas de serviço e banheiros.

Fonte: AECWeb

siga-nos